segunda-feira, 30 de agosto de 2010

ACREDITE QUEM QUISER, NESSA VIAGEM

ANTES E DEPOIS DA POSSE

O nosso partido cumpre o que promete.
Só os tolos podem crer que
não lutaremos contra a corrupção.

Porque, se há algo certo para nós, é que
a honestidade e a transparência são fundamentais
para alcançar os nossos ideais.
Mostraremos que é uma grande estupidez crer que
as máfias continuarão no governo, como sempre.
Asseguramos sem dúvida que
a justiça social será o alvo da nossa ação.
Apesar disso, há idiotas que imaginam que
se possa governar com as manchas da velha política.
Quando assumirmos o poder,faremos tudo para que
se termine com os marajás e as negociatas.
Não permitiremos de nenhum modo que
as nossas crianças morram de fome.
Cumpriremos os nossos propósitos mesmo que
os recursos econômicos do país se esgotem.
Exerceremos o poder até que
Compreendam que
Somos a nova política.

DEPOIS DA POSSE
Basta ler o mesmo texto acima, DE BAIXO PARA CIMA



quarta-feira, 25 de agosto de 2010

Só por hoje, procurarei viver o dia que passa apenas, sem tentar resolver ao mesmo tempo os problemas da minha vida inteira.
Por 12 horas apenas, poderei executar alguma coisa que encheria de pavor se tivesse de realizá-la pelo resto de minha vida.
Só por hoje me sentirei feliz, farei verdadeira aquela frase de Abraham Lincoln:
“A maior parte das pessoas é tão feliz quanto resolve ser”.
Só por hoje, procurarei fortalecer minha inteligência.
Aprenderei alguma coisa útil.
Vou ler alguma coisa que exija esforço, pensamento e concentração.

Só por hoje, procurarei ajustar-me aos fatos, em vez de procurar ajustar tudo o que existe a meus próprios desejos.

Só por hoje, exercitarei minha alma de três maneiras: procurarei fazer um benefício a alguém, sem contá-lo a quem quer que seja.
Farei pelo menos duas coisas que não desejava fazer, só por exercício. E hoje, se alguma coisa magoar-me, não revelarei a ninguém.

Só por hoje, procurarei mostrar a melhor aparência possível, vestir-me bem, falar baixo, agir delicadamente, não fazer críticas, e não tentarei corrigir nem dar ordens a ninguém, a não ser a mim próprio.Só por hoje, estabelecerei um programa de ação.
É possível que eu não o siga à risca, mas tentarei.

Livrar-me-ei de duas pragas: a pressa e a indecisão.
Só por hoje, dedicarei pelo menos meia hora a mim mesmo para oração e descanso.
Durante este tempo procurarei divisar uma perspectiva mais clara de minha vida.

Só por hoje, não terei medo.
Especialmente, não hei de ter medo de apreciar a beleza e de acreditar que aquilo que eu semear eu colherei.

"Nossa vida é uma constante viagem, do nascimento á morte. A paisagem muda, as pessoas mudam, as necessidades se transformam, mas o trem segue adiante. A vida é o trem, não a estação" (Glorioso, Paulo Coelho)

segunda-feira, 23 de agosto de 2010

Depois Da Meia Noite (Capital Inicial)

Dias de verão e noites de inverno
A cidade às vezes é um inferno
criei então um universo onde tudo Era perfeito
E feito para nos dois

Passamos muito tempo sentados na calçada
Falando sobre tudo e não dizendo nada
Seu sorriso vale mais de mil palavras
Deixa que o futuro fica pra depois

Refrão:

Depois da meia noite nós acendemos as luzes da cidade
nos abraçamos e ficamos juntos até nascer o sol

Noites de verão e dias de inverno
poucos minutos parecem eternos
Você sabe e eu não sei mentir
Esse mundo perfeito nunca vai existir

Não quero esquecer as noites viradas
Falando sobre o mundo até a madrugada
Nos seus olhos eu vejo a verdade
faça o que você fizer, diga o que você quiser

Refrão

Depois da meia noite nós acendemos as luzes da cidade
Nos abraçamos e ficamos juntos até nascer o sol

Por quanto tempo só nós dois?
Por quanto tempo só nós dois?
Por quanto tempo só nós dois?

depois da meia noite nós acendemos as luzes da cidade
Nos abraçamos e ficamos juntos até nascer o sol(2x)

"Depois da Meia Noite" - Video Clipe Oficial - Capital Inicial

domingo, 15 de agosto de 2010


Se eu pudesse deixar-te algum presente deixarte-ia, aceso o sentimento de amar a vida dos seres humanos.
A consciência de aprender tudo o que foi ensinado pelo tempo afora.
Lembraria os erros que foram cometidos para que não mais se repetissem.
A capacidade de escolher novos rumos.
Deixaria para ti se pudesse, o respeito àquilo que é indispensável:
Além do pão, o trabalho.
Além do trabalho, a ação.
além da ação, o amor.
amor pelo que fazes, pela vida, e por seu próximo.
junto do amor, deixaria o perdão...

E, quando tudo mais faltasse, um segredo:
O de buscar no interior de ti mesmo a
resposta e a força para encontrar a
saída."

quinta-feira, 5 de agosto de 2010


COISAS QUE A VIDA ENSINA DEPOIS DOS 30

Artur da Távola
Enviado por Telma Calsavara e Aline Santos


Amor não se implora, não se pede não se espera... Amor se vive ou não.

Ciúmes é um sentimento inútil. Não torna ninguém fiel a você.

Animais são anjos disfarçados, mandados à terra por Deus para mostrar ao homem o que é fidelidade.

Crianças aprendem com aquilo que você faz, não com o que você diz.


As pessoas que falam dos outros pra você, vão falar de você para os outros.

Perdoar e esquecer nos torna mais jovens. Água é um santo remédio.

Deus inventou o choro para o homem não explodir.

Ausência de regras é uma regra que depende do bom senso.

Não existe comida ruim, existe comida mal temperada.


A criatividade caminha junto com a falta de grana.
Ser autêntico é a melhor e única forma de agradar.

Amigos de verdade nunca te abandonam.

O carinho é a melhor arma contra o ódio.


As diferenças tornam a vida mais bonita e colorida.

Há poesia em toda a criação divina. Deus é o maior poeta de todos os tempos.

A música é a sobremesa da vida.

Acreditar, não faz de ninguém um tolo. Tolo é quem mente.


Filhos são presentes raros.

De tudo, o que fica é o seu nome e as lembranças a cerca de suas ações.
Obrigada, desculpa, por favor, são palavras mágicas, chaves que abrem portas para uma vida melhor.


O amor... Ah, o amor...
O amor quebra barreiras, une facções,
destrói preconceitos, cura doenças...
Não há vida decente sem amor!
E é certo, quem ama, é muito amado.
E vive a vida mais alegremente...