Se eu pudesse deixar-te algum presente deixarte-ia, aceso o sentimento de amar a vida dos seres humanos.
A consciência de aprender tudo o que foi ensinado pelo tempo afora.
Lembraria os erros que foram cometidos para que não mais se repetissem.
A capacidade de escolher novos rumos.
Deixaria para ti se pudesse, o respeito àquilo que é indispensável:
Além do pão, o trabalho.
Além do trabalho, a ação.
além da ação, o amor.
amor pelo que fazes, pela vida, e por seu próximo.
junto do amor, deixaria o perdão...

E, quando tudo mais faltasse, um segredo:
O de buscar no interior de ti mesmo a
resposta e a força para encontrar a
saída."

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

INDIGNAÇAO

O homem que nunca se irritava

ABSURDO! restriçoes de idade impedem compra de medicamentos pela Farmacia Popular