A IRA

 Se existe um comportamento contrário a inteligência, é a ira. Estudos comprovam que em momentos de ira o descontrole da pessoa é total. Desde falar o que não deve, até agir sem medir as consequências. Na ira quando pensamos que  estamos atingindo a outra pessoa, na realidade, a maior prejudicada é a nossa própria saúde. A ira é como um ciclone, um tornado, arrasa  tudo, e só deixa a destruição para trás, em forma de lesões, que terão de ser consertadas. A busca do autodomínio é fundamental, valorizando os bilhões de neurônios que Deus nos deu, estimulando o bom humor, a caminho da sabedoria, que são atitudes que resolvem.

Lucius Annaeus Seneca; um dos mais célebres
advogados escritores e intelectuais do Império Romano, conhecido como Sêneca, tido como modelo do pensador estoico durante o Renascimento, que inspirou o desenvolvimento da tragédia na dramaturgia europeia renascentista, escreveu: “ Uma ira desmedida acaba em loucura;por isso, evita a ira, para conservares não apenas o domínio de ti mesmo, mas também a tua própria saúde”.
Luiz Antonio Silva• Diretor e palestrante da PHAROL 

Ps. Nos dias de hoje quão difícil é não irar-se. É transito caótico, dias com mais afazeres do que horas disponíveis para esses, filhos rebeldes, pessoas difíceis, muito trabalho... 
Portanto me vem na cabeça a palavra "Vigiai", se cada vez que  estivermos sentindo que a ira esta começando a querer transbordar do nosso ser, devemos parar, respirar, contar a dez, ou mil, isso evitará muitos males, agressões desnecessárias, sei que as vezes explodimos mesmo, mas vamos fazer um favor a nós mesmos, tentar pelo menos ser menos agressivo, por que na verdade quando agredimos o outro com palavras, estamos agredindo a nós mesmos, nos envenenado. 
Que não seja assim.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

INDIGNAÇAO

O homem que nunca se irritava

ABSURDO! restriçoes de idade impedem compra de medicamentos pela Farmacia Popular